PUBLICAÇÕES

Jornal Tamoios | 05/11/2018

O que vai além das mortes dos agentes da segurança pública?

A dimensão de mortes de agentes de segurança pública trazia nas manchetes dos jornais uma conotação de indignação. Por conta de uma infeliz rotina, o fato ficou comum e virou pauta fria nos jornais, especificamente no Rio de Janeiro, onde já é rotina ter um policial morto por dia. Será que nos acostumamos? Não deveríamos! O maior bem é a vida e ponto final. Isso não se questiona. Leia o artigo completo de Carlos Guimar, gerente de segurança corporativa na ICTS Security, empresa de consultoria e gerenciamento de operações em segurança, de origem israelense. 

Clique aqui.